Primeiro Ministro Australiano antecipa eleições

966719-130804-rudd

O primeiro-ministro da Austrália, Kevin Rudd, antecipou as eleições gerais no país para 7 de setembro e comentou neste domingo (4), ao fazer o anúncio, que o debate deve girar em torno de quem é mais confiável para administrar a economia do país em um momento de transição depois de uma década na qual a indústria de mineração australiana beneficiou-se amplamente de demanda industrial chinesa, hoje em desaceleração.

O ano de 2013 foi marcado pelo vencimento do contrato da Rio Tinto, maior mineradora Australiana, com o governo chinês. Especulação sobre a renovação ou cancelamento do contrato tem gerado certa insegurança no mercado Australiano que teme que, com o fim do contrato, a Austrália afunde numa enorme crise econômica.

Na abertura do período de um mês de campanha, Rudd defendeu que a economia australiana não pode mais depender tanto da demanda chinesa por minério de ferro e carvão, tida como o principal motivo para que a Austrália tenha atravessado os últimos anos de crise financeira internacional como um dos poucos países ricos a não entrarem em recessão.

“Em quem o povo australiano mais confia para conduzi-lo pelo período de novos desafios econômicos que vêm pela frente?”, perguntou Rudd numa entrevista coletiva concedida no Parlamento.

Rudd admitiu que seu Partido Trabalhista (centro-esquerda) inicia a campanha em desvantagem e comentou ter ouvido de seus conselheiros que, se as eleições fossem realizadas neste fim de semana, o governo passaria para as mãos dos conservadores. A gestão do Partido Trabalhista foi marcada por alguns casos isolados de corrupção, mas nada que chegue aos pés do que acontece no Brasil.

abbott-speech-620x349

No entanto, apesar de os conservadores estarem na frente das intenções de voto para compor a maioria no Parlamento, os australianos preferem ter o trabalhista Rudd no cargo de primeiro-ministro, em detrimento do líder conservador Tony Abbott.

Depois de a antecipação do pleito ter sido confirmada, Abbott iniciou sua campanha com a promessa de “recolocar o orçamento sob controle”. A oposição acusa o governo trabalhista de ter gastado dinheiro demais em medidas de estímulo à economia. E grande parte da população é contra o asílo político dos refugiados que chegam à costa do país em embarcações precárias, conduzidos, na maioria das vezes, por coiotes.

WikiLeaks lança novo partido político

Mas a maior novidade dessas eleições será sem dúvida Julian Assange.

671682-julian-assange

Julian Assange, anunciou nesta quinta-feira, 25/7, o lançamento de um partido político com o nome da sua organização na Austrália, sua terra natal, além da própria candidatura ao Senado na Austrália para as eleições deste ano. Ele garante que sua experiência com a organização WikiLeaks o preparou para essa tarefa.

Em entrevista ao The New York Times, Assange disse que o fato de estar na Embaixada do Equador em Londres, onde vive há mais de um ano em asilo político, não será um empecilho para seus novos planos. “Não é diferente de comandar a organização WikiLeaks. Temos pessoas em todos os continentes. Temos de lidar com mais de uma dúzia de casos judiciais ao mesmo tempo”, afirmou ao jornal.

Vale notar que o governo britânico já mostrou intenção de prender Assange caso ele saia da Embaixada do Equador em Londres. Questionado sobre isso, o criador do WikiLeaks pensa que o Senado Australiano pode abrir uma exceção para ele ao permitir trabalho remoto. “Nunca foi feito antes, mas é possível teoricamente”, disse.

Assange, que disse ser “legal estar politicamente engajado” em seu país natal, promete trabalhar para o avanço da “transparência, justiça e responsabilidade” na Austrália. Além de Assange, o partido do WikiLeaks terá outros seis candidatos nas eleições da Austrália.

Fonte: Associated Press e The New York Times

Author: Drika

Share This Post On

3 Comments

  1. Gostei de ver um pouco mais de informação no seu site, parabéns.
    Gostaria de saber sobre o sotaque australiano, aprendi inglês básico no Brasil, minha escola ensina inglês americano. Eu to com medo de nao entender nada !
    Beijos

    Post a Reply
  2. Adorei seu site e canal do YouTube.
    Linda

    Post a Reply

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *